R99!



Nestes quase 10 anos de profissão tem algumas figuras que já desenhei trocentas e oitenta e duas vezes.
Neste grupo, o Ronaldo é o campeão absoluto com vários corpos de vantagem.
Já devo ter publicado mais de cento e tantas charges, ilustrações e caricaturas dele.
Com essa história do Milan, já tinha feito umas duas charges nos útimos dias e agora essa caricatura.
Depois de tanto desenhar a mesma pessoa, o cidadão passa a ser um personagem.
Tanto que as vezes penso se isso que desenho ainda tem algo a ver com ele...

 Escrito por Gustavo Duarte às 16h12
[   ] [ envie esta mensagem ]




Um desenho sem pé nem cabeça...



Mais uma ilustração diretamente dos arquivos da MangabaStudios.
Fiz o ano passado para uma coluna do Armando Nogueira.
Fiquei uns 10 minutos tentando lembrar o assunto da mesma, mas sem sucesso.
Já fiz mais de mil desenhos desde que comecei a publicar no L! (sem contar as charges).
Na imensa maioria das vezes lembro sobre o que desenhei, mas com a quantidade de
trabalho aumentando a cada dia tenho descoberto alguns desenhos que não faço idéia do que ilustraram.
Nada mais propício para esse desenho sem pé nem cabeça (literalmente).
Preciso tomar um Fosfosol...

Aproveito para agradecer a todos os camaradas que votaram no blog no Coke Ring ali do lado.
Graças a vocês o boteco aqui ficou em primeiro lugar e agora é o Coke Master das próximas semanas.
A família agradece!

 Escrito por Gustavo Duarte às 14h07
[   ] [ envie esta mensagem ]




Hoje em dia não se usa mais chapéu...






















Já publico nas páginas do LANCE! faz mais de seis anos.
Como moramos no Brasil, 95% (as vezes mais) do assunto
das minhas charges e ilustrações gira em torno do futebol.
Em algumas épocas a Fórmula 1 e o Tênis (leia-se o Guga)
trouxeram ou trazem boas pautas.
Mas mesmo assim os assuntos ainda são bastante restritos.
Por isso no começo e fim de ano (e temporadas) a tarefa de
fazer uma charge fica ainda mais complicada.
São quase dois meses sem quase nenhum assunto realmente
interessante a não ser especulações.
Eu sei que o jornal todo passa por essa seca de assunto, mas
garanto que para nós chargistas a coisa fica um pouco pior.

Já nas ilustrações das colunas a situação não fica tão ruim,
já que independente da época estou pautado por um texto.
Porém neste caso a preocupação é tomar cuidado para não
desenhar sempre a mesma coisa.
A quantidade de mascotes e bolas de futebol que já desenhei
em colunas sobre esporte é uma barbaridade.
Por isso, sempre que posso tento desenhar algo diferente.
Essa aí do lado é um exemplo disso.
Se eu não contasse, ninguém diria que foi feita para um texto
que fala sobre futebol.
Saiu na coluna do Mauro Beting de hoje, que fala sobre os
Campeonatos Estaduais.
Na opinião dele, compridos demais e um pouco fora de moda
para os dias de hoje.
Já na minha opinião, concordo que tenha suas falhas, mas
sempre terá importância e seu charme.

 Escrito por Gustavo Duarte às 00h20
[   ] [ envie esta mensagem ]




The Dark Side...



Ontem fiz esta ilustração aí em cima para a coluna da contracapa do L!.
O texto (do Plínio Rocha) fala sobre a influência dos empresários na vida
e no destino dos jogadores hoje em dia.
O desenho me fez lembrar de um dos três projetos que quero fazer este ano:
Um livro infantil.
Faz tempo que quero escrever e desenhar ou pelo menos ilustrar um livro para crianças.
Os outros projetos são uma história em quadrinhos e uma exposição de inéditos.
Sei que como sou enrolado, fazer um só já é difícil, quanto mais os três.
Por isso, se até o final deste ano pelo menos um dos três projetos sairem do papel
(no caso, irem para o papel), já estarei bastante satisfeito.

 Escrito por Gustavo Duarte às 18h43
[   ] [ envie esta mensagem ]




Fernando em Pessoa



Domingão, fim de tarde começo de noite, aqui estou eu no estúdio, fuçando nos meus arquivos,
quando encontrei essa caricatura do Fernando Pessoa.
É um desenho já antigo, foi feito entre 2001.
Fazia pouco mais de um ano que eu tinha chegado em São Paulo.
Quem encomendou na época foi meu amigo Rui Branquinho.
Apesar de todo esse tempo que já passou, achei bacana colocá-la aqui no blog.

 Escrito por Gustavo Duarte às 20h16
[   ] [ envie esta mensagem ]




Lá vem o Pato, Pa-Ta-Qui-Pa-Ta-Co-Lá...



Alexandre Pato entrou no segundo tempo da estréia da seleção sub-20 no sulamericano e marcou dois gols.
Um deles, (o primeiro) de letra, é o tema da minha charge.
Se o moleque é tudo isso que dizem, só veremos com o tempo.
Mas estrela o cidadão está mostrando que tem de sobra.

A referência ao Donald é a mais óbvia possível.
Mas falando a verdade, fiquei com vontade de fazer só para ver como ficava.
Acabei desenhando numa baita correria, mas tá aí o resultado.

 Escrito por Gustavo Duarte às 00h15
[   ] [ envie esta mensagem ]




Resumo do Primeiro Mandato...



Aqui estamos em Dois Mil e Sete.
Depois de folgar durante as comemorações de ano novo, ontem voltei a labuta.
Espero conseguir produzir muito mais esse ano do que o ano passado.
Por isso resolvi fazer uma charge exclusiva aqui para o blog.
Fazia tempo que não fazia nada de política.
Quando comecei a trabalhar no saudoso Diário de Bauru (em junho fará 10 anos),
a política era o meu tema principal.
Gostaria de voltar a desenhar sobre política com frequência.
Por isso, neste começo de ano e de mais quatro anos de governo Lula, resolvi fazer
uma charge que resumisse o primeiro mandato do ex-sindicalista.

É meio broxante ver que na política é praticamente todo mundo a mesma coisa...
Me lembro quando pequeno, nas eleições de 86, de ir a um comitê do PT que ficava
próximo da casa da minha avó só para ver os desenhos do Henfil na parede.
Alguns da campanha das Diretas, alguns de outras campanhas.
Todos os outros comitês distribuiam camisetas, adesivos e o diabo a quatro.
No do PT era um miserê.
Eu ia lá, torcendo para ganhar uma camiseta vermelha com a Graúna como a de
alguns militantes, mas nem.
Os membros do partido me explicavam que o partido tinha pouco dinheiro para
poder mandar fazer camisetas e outros brindes.
O que era feito, era com o dinheiro dos próprios militantes.
Achava legal isso, o pessoal parecia bacana, sincero e pareciam acreditar que juntos
podiam fazer um bom trabalho para a cidade/estado/país.

Vinte anos depois...

 Escrito por Gustavo Duarte às 18h38
[   ] [ envie esta mensagem ]





 
Histórico
  Ver mensagens anteriores

Outros sites
  Bá e Moon
  Baptistão
  Braga
  Cako
  Cárcamo
  Cris Peter
  Danilo Beyruth
  Eduardo Medeiros
  Grampá
  Hiro
  Junião
  Karmo
  Lucas Leibholz
  Mario Alberto
  Mateus Santolouco
  Orlando
  Rafael Albuquerque
  Samuel Casal
  Sara Mello
  Tiago Hoisel
  Meu Twitter