Aê Macacada!



Aí a Macaca líder do Paulistão.
Quatro jogos e quatro vitórias.
Uma charge em homenagem a Antonio Carlos de Paula Júnior.

 Escrito por Gustavo Duarte às 10h25
[   ] [ envie esta mensagem ]




Roots...




 Escrito por Gustavo Duarte às 12h01
[   ] [ envie esta mensagem ]




Rehab



Primeiro o São Paulo contratou o Adriano que estava se acabando nas noites de Milão.
Depois trouxe o Fábio Santos com um enorme "Vida Loka" tatuado no braço.
E agora o Carlos Alberto, também famoso pelas confusões.
Todos chegaram, é claro, prometendo vida nova no novo clube.

Quando recebi a notícia, a primeira coisa que me veio a cabeça é que do jeito que está,
logo logo a Amy Winehouse também vai acabar pintando no time do Morumbi.
Aí, na hora de fazer a minha charge, lembrei de uma junkie maior ainda...
Uma singela homenagem a personagem e ao seu criador.

 Escrito por Gustavo Duarte às 23h34
[   ] [ envie esta mensagem ]




Quá!



Em primeira mão, a minha charge de amanhã.
Atendendo a pedidos, aí está o Pato.

 Escrito por Gustavo Duarte às 20h15
[   ] [ envie esta mensagem ]




Apareça, traga a família e leve as crianças!



Você vai estar sem nada para fazer hoje das 17h as 18h?
Então dá uma olhada lá no site da allTV.
Estarei lá sendo entrevistado no programa Fala Sério.
Eu sei que e no mesmo horário da Malhação.
Mas se a trama de hoje não estiver boa, dê uma clicada e me escute falar sobre tecnologia extraterrestre,
circuitos biônicos, história e geografia da Alderan e outros assuntos pertinentes.
O programa é ao vivo e você pode fazer perguntas.
Pinta lá:

http://www.alltv.com.br • 08/01/2008 • das 17h as 18h • AO VIVO

 Escrito por Gustavo Duarte às 11h15
[   ] [ envie esta mensagem ]




Henrique de Souza Filho



Hoje faz 20 anos que perdemos o Henfil.
No dia 4 de janeiro de 1988 depois de lutar bastante contra a AIDS, ele morria com 44 anos.
O desenho e o texto abaixo eu fiz a pedido do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo,
que está lançando uma revista em homenagem a ele:

Henfil desde criancinha

Lembro do Henfil desde que me lembro de gostar de desenho.
Considerando que sou um cartunista e, como qualquer um nesta profissão,
desenho e gosto de desenho desde que me entendo por gente.
Numa profissão em que poucos são realmente conhecidos por todos
os membros da família, o Henfil era uma espécie de rock star.
Um "artista multimídia" muito antes de existir esse negócio.

Eu ainda mal sabia ler, mas adorava os desenhos e os personagens que via no jornal.
Fora isso, o Henfil estava em tudo que é lugar.
De manhã, com a minha mãe, eu assistia o TV Mulher e lá estava ele com o seu TV Homem.
De noite, com a família completa, assistia o cartum/charge animado que ele fez muito antes
destas que vemos hoje na TV e na internet.
Sempre que visitava meu tio Pinô, ele tratava de me mostrar alguns números do Fradim,
junto com os da Mafalda do Quino.
Fora isso, era também o meu tio quem me contava as histórias da época áurea do Pasquim
e sempre caia na gargalhada lembrando do Baixinho, do Cumprido e do Caboclo Mamadô.

Na campanha das Diretas Já!, lá estava o Henfil de novo.
No palanque, camisetinha amarela, dando entrevista, falando sobre a importância da democracia.
Em 1986, nas eleições para governador e deputado, eu passeava pelos comitês eleitorais que
ficavam próximos à casa da minha vó.
Pegava santinhos, adesivos e outros badulaques de todos os partidos menos no do PT.
Lá eu sabia que eles não davam nada, pois segundo os militantes da época era, um partido
com pouca grana e quase nenhuma doação.
Por isso, eles vendiam broches e camisetas para angariar fundos para a campanha.
O que eu na época, e até um tempo atrás, achava uma postura muito correta...
Mesmo assim lá ia eu várias vezes só para ver os cartazes desenhados pelo Henfil.
Cartazes com a Graúna, o clássico das Diretas Já! com um velhinho de bengala
(que depois de adulto fui descobrir que era o Teotônio Vilela)
e vários outros além de camisetas e broches.

O tempo passou e o trabalho do Henfil, tanto no texto quanto no traço(simples e genial), continua vivo.
Afinal, estamos falando de alguém que apontou erros e rompeu com a Nova República antes mesmo dela
começar e acreditou que um metalúrgico do ABC seria presidente antes mesmo dele pensar em ser deputado.
Acho até que, se tivéssemos a sorte dele estar vivo, teríamos visto um fundador do PT saindo do partido
muitos anos antes de que alguns militantes trocassem as páginas de política pelas páginas policiais.

Por essas e outras histórias, cresci vendo e lendo Henfil, o que obviamente me influenciou
e me influencia até hoje.
Atualmente, colaboro com o LANCE!, um diário esportivo como o Jornal dos Sports
que o Henfil colaborava no final da década de 60.
Com isso, quarenta anos depois, tenho a honra e a responsabilidade de desenhar
quase que semanalmente um dos personagens criados por ele, que de tanto sucesso
foi adotado por uma torcida e passou a ser o seu mascote.
O Urubu do Flamengo.

Portanto, obrigado por tudo e desculpe qualquer coisa, meu caro Henfil.



 Escrito por Gustavo Duarte às 11h28
[   ] [ envie esta mensagem ]




Jesus ainda não voltou, mas...



Aqui estamos nosotros em mais um ano.
Entra ano, sai ano e nada muda.
Ou pior, sabemos mais ou menos o que vai acontecer.
Fiz essa charge quando o Kaká visitou o Lula no final do ano e lhe deu de presente as camisas
do Milan e a já famosa "I Belong to Jesus".
A CPMF podia ter morrido, mas todos sabiamos que ela voltaria de uma maneira ou de outra.
Eu só não pensava que seria tão rápido:

"Governo eleva tributos para repor CPMF.
Para compensar perda, tributação que incide sobre o sistema financeiro é ampliada,
com alta nas alíquotas de IOF e CSLL.
Medida, que deverá gerar R$ 10 bi aos cofres públicos, contraria acordo feito com
oposição que previa a não-elevação de impostos"
(Folha de São Paulo)


Eita nóis!
Um ótimo 2008 e boa sorte para todos nós.

 Escrito por Gustavo Duarte às 12h00
[   ] [ envie esta mensagem ]





 
Histórico
  Ver mensagens anteriores

Outros sites
  Bá e Moon
  Baptistão
  Braga
  Cako
  Cárcamo
  Cris Peter
  Danilo Beyruth
  Eduardo Medeiros
  Grampá
  Hiro
  Junião
  Karmo
  Lucas Leibholz
  Mario Alberto
  Mateus Santolouco
  Orlando
  Rafael Albuquerque
  Samuel Casal
  Sara Mello
  Tiago Hoisel
  Meu Twitter