Ali é Curinthia! + Uma ótima notícia



Caríssimas e caríssimos.
Aí está o presidente que desenhei para o L! de amanhã.
Como faz tempo que não faço, aqui em baixo estão todos os passos da caricatura.
Como sempre as mesmas etapas:

Lápis - Nanquim (depois apago o lápis e scaneio)
Cor no Photoshop - Sombras no Photoshop - Brasão do Corinthians no Photoshop
E como você podem perceber, uma última etapa, o Lula sem o copo, como será publicado.
No jornal preferiram que não tivesse a cervejinha do Luiz Inácio.
Pena. Mas tudo bem. Aqui no blog a "versão do diretor", sem cortes.



Aproveito também para dar uma ótima notícia.
Um dos cartunistas mais sensacionais que conheço finalmente tomou vergonha na
cara e montou um blog com seus desenhos, massinhas e etc.
Estou falando do Cako. Meu grande amigo que há alguns anos está morando em Londres
com sua mulher Kika e seu filho Lino.
Conheci o elemento na faculdade, há uns 14 anos atrás.
Lembro a primeira vez que eu e o Braga fomos a república dele.
Lá, em um canto da casa, ele tinha um estúdio, cheio de pincéis, lápis, canetas, canetinhas e desenhos fantásticos.
Desde aquela época era impressionante a qualidade do trabalho dele.
Enquanto todos nós estávamos começando, ele já tinha um baita traço e uma linguagem própria.
Bom, melhor do que eu falar é ir lá e conferir. Vocês não irão se arrepender:

http://cakofacioli.blogspot.com/

 Escrito por Gustavo Duarte às 21h44
[   ] [ envie esta mensagem ]




Grande Zuza!



Acho que eu nunca tinha desenhando um Jesus em nenhuma charge.
Como o Milan decidiu não liberar o Kaká para as Olimpíadas, eu achei que seria um bom momento.

 Escrito por Gustavo Duarte às 20h15
[   ] [ envie esta mensagem ]




Horário Eleitoral Gratuito



Essas caricaturas sairam na Folha de São Paulo de hoje.
Ilustraram a pesquisa sobre a corrida pela prefeitura de São Paulo.
Marta 30% • Alckmin 29% • Kassab 15%
Desenhei na última sexta-feira no segundo dia de uma gripe braba.

 Escrito por Gustavo Duarte às 19h58
[   ] [ envie esta mensagem ]




O espírito da coisa



Alguns meses atrás, conversando sobre skate com um dos meus melhores amigos,
ouvi dele a provocação: "E quem disse que skate é esporte?"
Eita nóis. Quando argumentei que não só é, como, em vários pontos do país,
é o segundo esporte mais praticado entre os jovens, então...
Bom, na verdade, como ele faz questão de ser do contra, se negou a aceitar.

No fim de semana passado, meses depois daquela conversa, estive no maior evento
dos esportes radicais deste ano no Brasil. Fui ao Sambódromo do Anhembi e acompanhei
os três dias de competições dos X Games Brasil. Estive em todas as provas e treinos de skate.
Os maiores skatistas do país e alguns dos melhores do mundo passaram por lá.
Três dias de competição de altíssimo nível.

No street, nomes mais novos, como o campeão Xaparral e o vice Gugu, junto com os já veteranos
Ferrugem e Piolho e vários outros nomes brasileiros levantaram as arquibancadas lotadas do Sambódromo.

No vertical, tivemos todos os estilos para todos os gostos. Para uma cara como eu, que comecei a me
interessar pelo skate na década de 80, ver Sérgio Negão, uma lenda do nosso skate mandando um
frontside 540 na minha frente foi um baita privilégio.
Karen Jones, a brasileira campeã mundial de 2006, foi convidada, para a surpresa dela, para competir
entre os homens e andou muitíssimo bem.
Sandro Dias, atual pentacampeão mundial, apesar de o 900 não ter saído durante os 10 minutos
regulamentares, viu a multidão e os outros skatistas comemorar como se fosse um título.
Quanto ao Bob Burnquist... Bom, o Bob é o Bob.

Enfim, todos ali competiram bem. E competiram forte, para ganhar.
Então, aí, lembrei da conversa com o meu amigo e comecei a entender o porquê dessa visão de
um cara acostumado ao futebol de domingo e quarta, na TV e no estádio.
Nunca tinha comparado o skate com outro esporte, mas parei para pensar.
Diferentemente de outros esportes, como o futebol, não vi nenhum competidor querendo quebrar
a perna do outro. Cuspe na cara e gás de pimenta, então, nem pensar. Muito pelo contrário.
Todos ali vibravam com as próprias manobras e muito mais com as dos outros competidores.
Em uma das últimas voltas de Lincoln Ueda (uma das mais sensacionais do campeonato),
todos os skatistas em cima do half foram ao delírio, vibrando junto com os 20 mil espectadores
que lotaram o domingo.

Taí. Essa é a diferença. Isso é, na verdade, a essência do esporte.
Todos ali são profissionais, competem pelo mundo todo e vivem disso. Mas, acima de tudo,
todos têm espírito esportivo.
Querem ganhar, mas se orgulham de participar ao lado de outros grandes competidores.
A torcida, com o mesmo espírito, convive em total harmonia, cada torcedor com a sua preferência.
Ganhar é o máximo, mas, se ficar em segundo, ninguém fica bravinho e joga a medalha fora.

Na verdade, meu amigo sabe de tudo isso. Só gosta de ser do contra.
Mas, sinceramente, ele nada tem contra o skate.
Aliás, a filha dele, de 7 anos, tem um.
Com direito a rodas brancas, eixos rosa e um shape desenhado por mim.
Mas, é claro, foi presente meu.


• texto publicado no L! de domingo passado (04-05-2008)


 Escrito por Gustavo Duarte às 20h06
[   ] [ envie esta mensagem ]








Uma das coisas boas da minha função é poder homenagear quem eu gosto.
Mr Magoo Rules!
Ítalo Rossi Rules!

 Escrito por Gustavo Duarte às 10h46
[   ] [ envie esta mensagem ]








Caríssimas e caríssimos.
No final de semana passado fui até o Sambódromo do Anhembi acompanhar os X Games Brasil.
Conferi um pouco de todas modalidades que rolaram por lá nos três dias de competição.
Mas na verdade fui mesmo para ver o skate.
Foram três dias sensacionais. Assisti todas as provas e treinos.
Negão (um dos meus ídolos de infância), Ueda, Sandro Dias, Bob Burnquist, Karen Jones e muitos outros.
Três belos dias de sol e skate da mais fina qualidade.
Como fui credenciado pelo L! e pela revista A+, pude assistir tudo de muito perto.
Boa parte do tempo estive em cima do half.
Aí estão algumas fotinhos que fiz por lá.
E no L! de amanhã sairá uma coluna que escrevi falando sobre a minha ida ao evento.
Para quem não puder ler no jornal, publicarei aqui durante a semana.

 Escrito por Gustavo Duarte às 19h30
[   ] [ envie esta mensagem ]





 
Histórico
  Ver mensagens anteriores

Outros sites
  Bá e Moon
  Baptistão
  Braga
  Cako
  Cárcamo
  Cris Peter
  Danilo Beyruth
  Eduardo Medeiros
  Grampá
  Hiro
  Junião
  Karmo
  Lucas Leibholz
  Mario Alberto
  Mateus Santolouco
  Orlando
  Rafael Albuquerque
  Samuel Casal
  Sara Mello
  Tiago Hoisel
  Meu Twitter